Com quase 5 mil votos para distrital, Vânia Gurgel pleiteia Administração do Guará

Zuleika Lopes – Com o início das escolhas para o primeiro escalão do governador eleito, Ibaneis Rocha, as regiões administrativas já se encontram em ebulição para a lista tríplice de administrador regional, proposta pelo novo governo. Se o toma lá dá cá com os deputados distritais acabará nesta nova   gestão, a escolha de administradores regionais será um batismo de fogo para Ibaneis Rocha. No Guará, não poderia ser diferente a movimentação, e os postulantes ao cargo já se manifestam publicamente, entre eles, a nordestina radicada na cidade, Vania Gurgel, que na última eleição obteve 4.854 votos para distrital.

Suas chances não são poucas, concorreu ao cargo na Câmara legislativa pelo Partido Progressista, aliado de primeira hora do MDB, a qual pertence o governador eleito. A trajetória da potiguar teve início humilde na capital federal. Para chegar a uma grande empresa passou por diversos trabalhos e teve sua vida pautada pelos valores religiosos de ajuda aos mais necessitados. Conheça um pouco das suas propostas:

GuaraHoje-Há quantos anos mora no Guará?
Vania Gurgel-10 anos

Porque escolheu a cidade para se fixar?
Porque é uma cidade acolhedora e perto de tudo

Quais as vantagens, na sua opinião, de morar na cidade?
Localização, infraestrutura, e principalmente, ainda tem segurança e um povo receptivo.

Quais os gargalhos atuais?
Trânsito, a volta da coleta seletiva, campanhas educativas sobre a coleta regular do lixo, creches e iluminação em várias quadras, o que aumentaria a sensação de segurança

O que você implementaria como administradora regional?
Mais linhas de ônibus, creches, limpeza nas quadras, e busca de parcerias com empresários locais para a revitalização das nossas praças, locais de encontros de crianças, jovens e adultos. Não podem continuar abandonadas.

Qual a sua posição a respeito da extinção da Agefiz?
Sou contra a extinção, porém sou a favor que a Agefiz tenha salas e técnicos nas administrações regionais. O administrador regional poderá agir com mais agilidade no combate a invasão de terras públicas.

No Guará, só tivemos uma administradora regional, Márcia Fernandez. O que a motiva?
Minha motivação seria mostrar que nós mulheres também temos a capacidade de sermos gestoras de cidades, pois somos guerreiras, trabalhadoras, mãe de família e pacificadoras diante dos conflitos diários. Se caso for a escolhida, as portas da administração regional estarão sempre abertas à comunidade durante todo o dia. Afinal,  o cidadão trabalha e só tem tempo de resolver as pendências no horário de almoço. Porque não? Serviço púbico é para servir ao público.

Esta eleição foi das mulheres. Você acredita que o governador Ibaneis vá privilegiá-las com cargos no primeiro escalão?
Sim, pois tenho certeza que o nosso governador acredita na força e no trabalho que nós mulheres exercemos diariamente.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *