Luciane Quintana – “Já avançamos bastante, mas estarei feliz em comunicar novas conquistas em breve”

Em entrevista exclusiva, administradora do Guará fala das principais demandas, diz que está sendo necessário se reinventar com a pandemia, mas ainda trará muitas notícias boas

POR AMARILDO CASTRO – Pouco conhecida até antes de assumir a Administração do Guará, há um ano, a atual gestora da pasta, Luciane Quintana vem dando mostra de que amadureceu bastante no período e encara com firmeza as demandas, críticas de moradores e está, de fato mais madura para o cargo. Nesta entrevista a administradora fala das principais demandas, cita conquistas e afirma que dias melhores virão pós-pandemia, veja:

 Blog do Amarildo – A senhora acabou de completar um ano de gestão em plena pandemia à frente da Administração do Guará. Como avalia este momento e o que Executivo local vem fazendo para o enfrentamento ao coronavírus?

 Luciane Quintana – Esse primeiro ano foi muito importante e de intensa escuta aos moradores e observação às necessidades da cidade. Avançamos em muitas questões internas e externas com o atendimento de demandas da comunidade de limpeza, poda, roçagem, tapa-buraco, e à padronização dos serviços internos. Há ainda muito o que fazer, mas estou confiante que ainda comunicaremos muitas realizações.

Sobre essa fase de pandemia coronavírus, o momento é de muita atenção e reinvenção. Acredito que para todos os setores. A Administração Regional do Guará se adaptou ao momento com o teletrabalho, reuniões de rotina on-line e o atendimento às demandas da população. Realizamos diversas ações conjuntas em parceria com outros órgãos do GDF, com destaque para o programa Sanear onde foram sanitizadas 50 áreas de grande circulação: paradas de ônibus, unidades básicas de saúde, hospital, parques da cidade, prédios públicos e a Feira do Guará. O programa Sanear Dengue, trabalho de combate ao mosquito com a força-tarefa da Vigilância Ambiental e Corpo de Bombeiros. Inclusive, vale ressaltar que mais de 16 mil residências já foram inspecionadas por agentes da Vigilância Ambiental.

Nesse período, também houve a ação retirada de carcaças e sucatas em parceria com a Secretaria de Segurança Pública também como ação de combate ao mosquito, ações de distribuição de máscaras com quase 3 mil unidades doadas, doações de cestas básicas em parceria com a Secretaria de Desenvolvimento Social e comunidade, apoio ao retorno parcial da Feira do Guará, continuidade do programa “GDF Presente” em parceria com a Secretaria das Cidades e Secretaria de Governo por meio do Polo Central, onde já foram contabilizadas mais de 600 toneladas de lixo recolhido das ruas do Guará, além de mais de 290 toneladas de massa asfáltica utilizadas na operação tapa-buraco. Muito trabalho e muita vontade de servir com excelência aos cidadãos.

Como estão hoje os serviços da administração, existe algo funcionando de forma presencial?

Apenas os serviços essenciais são realizados de forma presencial: manutenção e conservação da cidade. Os demais cumprem o decreto 40.546/20 que determina o teletrabalho durante a pandemia. Reuniões com a equipe e atendimento à imprensa são realizadas online via aplicativos.

Existe algum serviço que hoje não funciona? Alvarás continuam sendo expedidos, o sistema de fiscalização funciona, e se funcionar, que tipo de fiscais existe nas ruas?

– Os serviços essenciais estão funcionando normalmente nas ruas (manutenção e conservação da cidade).

– Os serviços não essenciais estão funcionando através do teletrabalho conforme Decreto número 40.546/20, como medida de precaução ao coronavírus.

– Alvarás de Construção e Habite-se só estão sendo emitidos pela Central de Aprovação de Projetos (CAP) vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Habitação (SEDUH) –

– Demandas de fiscalização são encaminhadas ao DF Legal, órgão competente para esta finalidade. A administração regional atua em parceria com a Secretaria na Comunicação sobre irregularidades na cidade.

A Administração Regional do Guará disponibilizou os principais contatos para comunicação com a população:

Ouvidoria

162 (www.ouv.df.gov.br)

Desenvolvimento (Cultura, Esporte e Territórios): 9-9252-1529

lenimar.caetano@guara.df.gov.br

Licenciamento e Obras: 9-9229-9123

colic@guara.df.gov.br

Junta Militar

jsm259delesp@gmail.com

Gabinete: 9-9210-4162

gabineteadmguara@gmail.com

Há poucos dias o GDF decretou uso obrigatório de máscaras nas ruas e no comércio sob pena de multa para quem não usar. Existe algum controle sobre isso, alguém já foi multado? Foram distribuídas máscaras na cidade?

Diariamente, a Administração Regional do Guará realiza ações de conscientização e uso da máscara de proteção facial. Já foram distribuídos quase 3 mil itens, além de mantermos um estoque para retirada gratuita da comunidade, no prédio da administração, de segunda a sexta-feira das 8h às 17h. Além disso, a regional atua em parceria com o DF Legal, Polícia Militar, Vigilância Sanitária, Detran-DF e Secretaria de Mobilidade em ações educativas aos moradores quanto ao uso da máscara de fiscalização do comércio quanto ao cumprimento das recomendações sanitárias e de funcionamento. Em caso de resistência ao uso da máscara que, inclusive, é distribuída gratuitamente nessas ações, o cidadão pode ser multado, assim como o estabelecimento que estiver fora do que recomenda os decretos do GDF.

Hoje o segmento de feiras é um dos mais prejudicados no DF porque só 20 por cento das lojas estão abertas. Qual o entendimento da ADM do Guará sobre a feira local, vai reabrir ou não?

A Secretaria de Estado de Governo do DF informa que a Feira Permanente do Guará está funcionando conforme autorizado pelo Decreto nº 40.583, de 1º de abril de 2020.

A norma diz que é permitida somente a comercialização exclusiva de gêneros alimentícios, seja para consumo humano ou animal, sendo vedados o funcionamento de restaurantes e praças de alimentação, o consumo de produtos no local e a disponibilização de mesas e cadeiras aos frequentadores.

O horário de funcionamento é definido pela Associação de Feirantes de cada feira. No caso da Feira do Guará, a abertura acontece de 8h às 15h na quarta-feira e no domingo, e de 8h às 16h de quinta-feira a sábado.

CONTINUA APÓS PUBLICIDADE

As invasões na Cidade do Servidor, assim como na QE 40 continuam. Há muito, esses invasores não tomam nenhum conhecimento sobre leis. A administração tem feito algo para coibir isso?

A Administração Regional do Guará informa que atua em parceria com o DF Legal no monitoramento das ocupações irregulares e no encaminhamento das solicitações de retirada na região administrativa. Esclarece que possui o levantamento das pessoas que estão na QE 50 de forma irregular e que irá cassar as autorizações vencidas concedidas para utilização da área como canteiro de obras dos novos imóveis que estão sendo construídos. Além disso, já está no cronograma de atividades do DF Legal, a realização de uma operação na região.

O GDF reabriu o Parque do Guará, mas não reabriu o Parque Denner. Qual a diferença, e porquê o Denner continua fechado?

Neste momento, apenas os parques ecológicos listados no Decreto número 40. 846 de 30 de maio de 2020, foram reabertos. A reabertura acontecerá gradativamente como todos os demais setores.

A administração recebeu alguma verba extra para o combate ao coronavírus, há algum dinheiro, alguma emenda parlamentar para esse fim? Como fica a manutenção da cidade nesses tempos, os campos sintéticos e quadras continuam precários…

A Administração Regional do Guará não recebeu nenhuma emenda parlamentar para essa finalidade. No entanto, o Governo do Distrito Federal está empenhado no enfrentamento do Coronavírus com a distribuição de máscaras de proteção para a população. Sendo quase 3 mil entregues para os moradores, além da testagem em massa na região administrativa.

Os serviços de manutenção e conservação da cidade não pararam, mesmo na fase mais crítica da pandemia. Mantemos nossa rotina ainda que com mão de obra reduzida nas ruas, atendendo às solicitações da comunidade registradas pela Ouvidoria e no cumprimento dos decretos do GDF. Pedimos paciência aos moradores devido ao momento sensível que todo o DF passa. Estamos em constante contato com os demais órgãos do governo para que muito em breve, possamos cumprir com todas as demandas dos moradores locais.

Qual o recado da senhora para a comunidade em dias de intensos desafios?

Peço ajuda da população nesse momento. Se puder, fique em casa. Evite aglomerações, use máscara, observe todas as recomendações de lavar bem as mãos, usar o álcool em gel quando precisar. Aproveite e cuide bem do seu quintal, verifique se não há água parada. Além da covid-19, continuamos nas ações de combate à dengue. Estamos atravessando um momento de grande impacto na saúde e na economia e a conscientização de todos é fundamental para que possamos retornar à normalidade. Estamos à disposição da comunidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *