Aos 60 anos, morador de Taguatinga se destaca em academia do Guará

Aos 60 anos de idade, João Francisco de Oliveira Neto é um dos destaques na academia Júlio Carvalhaes, onde malha há 17 anos ininterruptos, mas isso não é tudo. O que chama a atenção é a dedicação de João nos treinamentos. De segunda a sexta-feira, religiosamente, ele sai de Taguatinga Centro, por volta das 18 horas, após uma longa jornada de trabalho em uma concessionária e desloca-se para o Guará, onde treina por cerca de duas horas, sob a coordenação do experiente personal trainer Júlio Carvalhaes.

João Francisco com o personal treinner Júlio Carvalhaes: elogio ao profissionalismo

João explica que desde que entrou na academia a receptividade que encontrou em Júlio e em outros integrantes do espaço foram fatores que o motivaram durante todo esse período de prática de atividade física. Lembra ainda que começou a praticar a musculação por uma questão de saúde, pois sofria com a obesidade, mas que, ao longo dos meses, a atividade se tornou prazerosa graças à dedicação dos professores e ao ambiente familiar que lá encontrou na figura de Júlio Carvalhaes.

Mesmo aos 60 anos João Francisco tem físico avantajado fazendo apenas exercícios e cuidando bem da alimentação

O que era apenas para melhorar a qualidade de vida e a saúde, acabou colaborando para um perfil atlético, que se destaca perante as suas seis décadas de existência. “O que mais me surpreende é que só comecei a malhar aos 43 anos e hoje me sinto jovem e creio que isso tem muito a ver com os treinos monitorados pelo Júlio”.

Questionado sobre o porquê de frequentar uma academia tão distante de casa há tanto tempo, João é enfático. “Ambiente agradável somado à qualidade dos profissionais, mais o clima de amizade, são determinantes para que me dê mais motivação, o que me incentiva a superar a distãncia. Minha intenção é continuar por aqui por mais 17 anos”, diz exultante.

Seu treinador também não poupa elogios ao seu pupilo. “Não é só a academia que faz a diferença. É tambbém a dedicação e a seriedade dele em se empenhar nos treinamentos. Logicamente, tudo isso somado aos nossos métodos resultam num trabalho de qualidade”, teoriza.

Júlio aproveita para acrescentar elogios aos demais alunos que, como João, se esforça nos treinos. “Somos gratos também aos outros  que se empenham e levam a sério os exercícios, sem o quê não seria possível chegar a um resultado de excelência”.

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *